8 perguntas sobre a forma de Aplicação do Adubo Líquido no sulco de plantio

Adubo Liquido9

 

1. Qual o volume da Calda recomendado?

A recomendação é que o volume de água para a calda seja na relação de 2:1 em relação ao produto. Exemplo: para 20 litros de produto/ hectare, o volume de calda seria de 60 litros / hectare (adição, portanto, de 40 litros de água). Conforme o pulverizador utilizado esta relação pode ser até 1:1. Na dúvida consulte a Agranda Sementes.

 

 2. A Adubação Líquida no sulco de plantio precisa de aplicação através de bicos especiais?

As empresas que fornecem os equipamentos para aplicação da Adubação Líquida no solo têm suas recomendações próprias de bicos em função da densidade dos Adubos Líquidos aplicados. A orientação é que esses fabricantes ou seus representantes, sejam consultados para indicarem os bicos ideais. Na dúvida consulte sempre a Agranda Sementes.

 

3. Mas, em geral, qual o tipo de bico recomendado para cada equipamento?

Em geral a recomendação é que seja o “bico vazio” para que seja aplicado o “jato sólido”. Mas as empresas de equipamentos já estão recomendando bicos próprios para maior vazão, em função da densidade do Adubo Líquido – que é necessária para garantir a eficiência técnica no solo. Na dúvida consulte a Agranda Sementes.

 

4. Há problemas de entupimento com a Adubação Líquida?

Os produtos comercializados pela Agranda Sementes não provocam entupimento se o equipamento for adequado. Problemas detectados são devidos basicamente a duas causas: 1) o equipamento utilizado anteriormente não tenha tido uma boa limpeza; 2) os bicos utilizados não tenham sido adequados às características físicas do produto, principalmente pela densidade. Com o equipamento limpo e os bicos adequados não deve haver problema de entupimento. Lembrando sempre que o equipamento precisa ter agitador da calda (mecânico ou hidráulico) pois os Adubos Líquidos para o solo são suspensões aquosas – e se não houver agitação pode decantar.

 

5. O produto é pulverizado no sulco de plantio?

Sim, o jato sólido é pulverizado diretamente no sulco de plantio, seja ele feito de forma vegetativa (mudas ou outra parte da planta) ou via sementes. Mas quando aplicado em cobertura sobre as plantas, o Adubo Líquido pode ser pulverizado (com pulverizadores tradicionais) que o aproveitamento pelas plantas será via solo. Nestes pulverizadores, sempre observar bico adequado – tipo 11004 ou acima, e fazer a pré-diluição. Na dúvida consulte a Agranda Sementes.

 

6. O produto é regulado para cair direto na saída do adubo sólido ou na saída da semente?

Na saída da semente. O produto é jogado sobre a semente.

 

7. Quais os equipamentos disponíveis no mercado para aplicação do Adubo Líquido no solo?

As empresas que estão focadas neste segmento de aplicação de Adubo Líquido no sulco de plantio são: Micron, H3M, Bom Sistema, Órion e outras menores – principalmente para o mercado de grãos. Em café já se utiliza equipamento com barra lateral – tipo drench. Na cana de açúcar há aplicadores específicos, tanto para plantio (com mudas) como para pulverização sobre a soqueira. A empresa mais conhecida neste segmento de cana é a DMB. Para mais informações sobre equipamentos consulte a Agranda Sementes.

 

8. Quais são as doses recomendadas para a adubação líquida no solo?

A recomendação segue uma equivalência com a dosagem do adubo sólido utilizada pelo produtor em função da produção esperada e da experiência que ele já tem com o adubo tradicional. Mas, em geral, podemos considerar:

– para menor investimento: de 15 a 30 litros / hectare

– para maior investimento: de 30 a 100 litros ou mais / hectare (conforme a cultura)

 

LEMBRETES IMPORTANTES!

O Adubo Líquido para aplicação via solo traz uma série de vantagens em relação ao adubo tradicional: maior eficiência , menor fixação e lixiviação, menores perdas e maior aproveitamento pelas plantas, proteção ambiental de rios, lagos, aquíferos.

Esses benefícios estão expressos na formulação do Adubo Líquido, por isso o estado físico é mais denso. E quanto mais perto da raiz, maior a eficiência. Por isso o Adubo Líquido é pulverizado sobre a semente no sulco de plantio – e sem nenhum dano para a germinação ou vigor.

Vale a pena o Produtor aproveitar bem esses benefícios e não errar na Aplicação, utilizando equipamentos adequados (com agitador mecânico ou hidráulico), bicos adequados, fazer a pré-diluição e deixar o produto bem fluido para uma aplicação bem eficiente.

Fica a orientação para os operadores de plantio fazerem tudo com calma, com atenção, de forma correta. Muitos países do mundo já têm experiência na utilização e na aplicação, mas estamos no início no Brasil. É uma fase de aprendizado para todos os envolvidos.

Os ganhos na utilização do Adubo Líquido no solo são muito grandes. Vale a pena caprichar no momento da aplicação. Este é um tempo que não é gasto e sim ganho.

 

Se você faz o certo…você não erra!

 

Adubo Liquido13

 

 

ATENÇÃO!

Temos várias ofertas de produtos em nossas Lojas, com ótimas condições para compra, como FRETE GRÁTIS e parcelamento no cartão de crédito. Visite-nos!

Agranda Sementes:

. sementes para todas as culturas

. adubos líquidos para solo

. produtos para Casa & Agro

www.agranda.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *